Empresário morre após esposa militar atirar contra ele e simular assalto em SP

Morreu na última terça-feira (25), após passar mais de 50 dias internado, depois de ser baleado pela esposa, de 41, que é tenente-dentista do Exército, o empresário Bruno Piva Júnior, de 52 anos. O crime ocorreu em Praia Grande, no litoral de São Paulo e, a princípio, a mulher tentou convencer os policiais que foram atender a ocorrência que o disparo havia sido feito por um ladrão em uma tentativa de assalto. As informações são do g1.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos