Empresários de Nova York esperam ter um aliado em novo prefeito Eric Adams

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Prefeito eleito de Nova York, Eric Adams
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

NOVA YORK (Reuters) - Líderes de algumas das maiores empresas da cidade de Nova York expressaram a esperança de que o prefeito eleito, Eric Adams, traga um tom mais amigável à prefeitura.

O democrata Eric Adams venceu a disputa pela prefeitura da maior cidade dos Estados Unidos na terça-feira com promessas de aumentar a segurança pública, defender os moradores da classe trabalhadora e atuar com grandes empresas para ajudar a economia a se recuperar da devastação causada pela Covid-19.

Sua abordagem em relação aos empresários --cortejando executivos e falando em uma grande reunião de fundos de investimento-- contrasta com a postura do prefeito Bill de Blasio, um colega democrata que muitas vezes pareceu estar em desacordo com o setor privado.

"Vamos apertar o reset. Entendemos que não tivemos um bom relacionamento", disse Adams, de 61 anos, em uma entrevista à CNBC nesta quarta-feira.

Alguns dos mais proeminentes investidores de Wall Street apoiaram Adams com milhões de dólares através do Strong Leadership NYC Super PAC, um comitê de ação política cujos doadores incluem os bilionários Paul Tudor Jones, Steve Cohen e Ken Griffin.

Um porta-voz de Jones se recusou a comentar. Cohen e Griffin não responderam a pedidos de comentários.

Adams, que toma posse em janeiro, disse ter se encontrado com executivos que nunca haviam se sentado com o atual prefeito.

"Nós nos chamamos Empire State. Como não nos relacionamos com aqueles que têm os impérios aqui? Os recursos, a experiência, todas essas informações podem ser usadas para ajudar as pessoas a sair da pobreza institucional", afirmou.

De Blasio se distanciou abertamente de partes da comunidade empresarial, muitas vezes evitando eventos com líderes empresariais e frequentemente criticando-os em discursos.

Jessica Lappin, presidente da Alliance for Downtown New York, disse que as empresas estão ansiosas para trabalhar com Adams em áreas como segurança pública, saneamento e desenvolvimento econômico.

"Será um sopro de ar fresco ter um prefeito que entende a ligação entre desigualdade de renda, justiça social e criação de empregos em nossa cidade", disse Lappin.

Adams disse que se baseia em sua formação como ex-capitão de polícia e como um homem negro que experimentou o racismo, ao trabalhar para resolver questões como a pobreza sistêmica.

(Reportagem de Matt Scuffham, Elizabeth Dilts Marshall, Herbert Lash e Maiya Keidan)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos