Empresa assume gestão da Zona Azul em São Paulo nesta terça-feira (17)

LARISSA TEIXEIRA
·2 minuto de leitura
***ARQUIVO***SÃO PAULO: Veículos estacionados em zona azul na região do Bom Retiro, em São Paulo. (Foto: Robson Ventura/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO: Veículos estacionados em zona azul na região do Bom Retiro, em São Paulo. (Foto: Robson Ventura/Folhapress)

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A partir desta terça-feira (17), o sistema de estacionamento rotativo pago da capital paulista, a Zona Azul, será administrada pela Estapar, empresa privada de estacionamentos. A partir desta data, todas as compras de CADs deverão ser feitas pelo aplicativo "Estapar Nova Zona Azul - SP", o único que poderá realizar o serviço.

As 51.606 vagas da Zona Azul da capital serão administradas pela empresa, responsável pela operação da "Nova Zona Azul Digital de São Paulo". Segundo a Estapar, agentes e veículos equipados com câmeras irão fornecer informações, monitorar o tempo de uso e o cumprimento das regras nas vagas.

De acordo com a empresa, as compras e habilitação do Cartão Azul Digital (CAD) poderão ser feitas por postos credenciados ou pelo aplicativo "Estapar Nova Zona Azul - SP". O app já pode ser baixado gratuitamente nas lojas de smartphones com sistemas iOS e Android para que o usuário faça o cadastro dos seus dados pessoais e do veículo. A partir desta terça-feira, o CAD poderá ser ativado. Segundo a Prefeitura de São Paulo, cada CAD custa R$ 5.

No aplicativo, o usuário acessará funções como renovar a Zona Azul à distância e ver as vagas disponíveis em tempo real por meio da função "Mapa de Ocupação".

Quem ainda tem saldo nos CADs, comprados em outras empresas do Zona Azul Digital SP até esta segunda-feira (16), poderá utilizá-los até 15 de fevereiro de 2021. Neste período, os dados de cadastro e saldos dos usuários serão transferidos para o novo aplicativo. Assim, em fevereiro, toda a operação da Zona Azul será feita apenas pelo novo aplicativo.

No site da Nova Zona Azul de São Paulo, ou pelo telefone 156 da prefeitura, é possível encontrar postos de venda credenciados próximos às vagas de estacionamento, tirar dúvidas e ver mais detalhes sobre o aplicativo.

Além da capital paulista, a Estapar administra outras 22 operações de Zona Azul Digital distribuídas nos estados de São Paulo, Minas Gerais e Santa Catarina.