Empresa de Elon Musk lança novos satélites espiões para os EUA

·2 min de leitura
Não foi revelado especificamente para qual objetivo Elon Musk colocou o o NROL-85 em órbita
Não foi revelado especificamente para qual objetivo Elon Musk colocou o o NROL-85 em órbita. (Thom Baur/Reuters)
  • Falcon-9 decolou neste domingo (17) para mais uma missão;

  • SpaceX já lançou 147 foguetes Falcon-9 ao espaço, dos quais 107 pousaram com sucesso;

  • Empresa de Musk tem contrato de US$ 297 milhões das Forças Aérea dos EUA.

O foguete SpaceX Falcon 9 lançou mais uma vez com sucesso um satélite espião dos Estados Unidos da Base da Força Espacial Vandenberg, na Califórnia, segundo informou a empresa. O foguete da empresa de Elon Musk foi lançado mais uma vez ao espaço para depositar satélites norte-americanos na órbita da Terra.

Esse foi um dos lançamentos que estão previstos no contrato de US$ 297 milhões das Forças Aérea com a SpaceX. A empresa do homem mais rico do mundo já lançou 147 foguetes Falcon-9 ao espaço, dos quais 107 pousaram com sucesso e 87 deles já foram utilizados para novos lançamentos.

O satélite que foi ao espaço é o NROL-85 da National Reconnaissance Office (NRO), a agência norte-americana que desenvolve e opera os satélites espiões dos EUA e fornece as informações coletadas para diversas agências do país.

Não foi revelado especificamente para qual objetivo o NROL-85 foi posto em órbita, só que ele é uma “carga crítica de segurança nacional" e que possui a "capacidade de fornecer uma ampla gama de informações de inteligência oportunas".

O Falcon 9 foi desenvolvido pela SpaceX, do bilionário Elon Musk, para ser o primeiro foguete de classe orbital capaz de lançar múltiplas missões, como forma de reduzir custos, e a SpaceX fez história em 2017 ao lançar o mesmo foguete pela segunda vez.

20 anos de SpaceX

Em 14 de março de 2022, Elon Musk fundava a empresa que logo se destacaria na indústria espacial por suas visões revolucionárias: a SpaceX. Hoje, ela se destaca não apenas pela façanha de se usar foguetes reutilizáveis, como também de ter poderosos sistemas de lançamentos, além da constelação de internet Starlink, estabelecida na órbita da Terra.

Hoje, a SpaceX se dedica ao novo e poderoso sistema Starship, formado por um foguete de mesmo nome e pelo propulsor Super Heavy. O sistema Starship vem sendo desenvolvido e testado com o objetivo de levar humanos à Lua e, posteriormente, levar os primeiros astronautas para Marte.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos