Empresa lança cruzeiro 'para lugar nenhum' com passageiros vacinados contra a Covid-19

Extra
·1 minuto de leitura

A empresa de cruzeiros da Inglaterra P&O anunciou que pretende realizar viagens "para lugara nenhum" com pessoas vacinadas contra a Covid-19. O roteiro percorreria a costa do país, sem paradas, e com destino definido pelas condições do mar. A companhia diz que planeja começar os passeios no verão europeu, que começa no meio do ano.

"Vamos olhar para a previsão do tempo em cada cruzeiro e ter como objetivo levar nossos navios onde está quente e ensolarado", disse o presidente da P&O Cruises, Paul Ludlow, em comunicado.

De acordo com a "CNN", as viagens da P&O acontecerão inicialmente no navio Britannia, que geralmente acomoda mais de 3.647 passageiros. O navio Iona, com capacidade para 5.200 passageiros e que ainda não foi inaugurado, navegaria em direção a Escócia em agosto.

A empresa segue o posicionamento de outras do ramo, como a America's Crystal Cruises, que já anunciou que só receberá passageiros imunizados contra o coronavírus nas próximas viagens.

Segundo a P&O, a princípio, a tripulação não precisará ter tomado a vacina, mas será submetida ao um "regime de quarentena", além de testes enquanto estiver a bordo. Passageiros precisam comprovar que receberam duas doses e que contratarm um seguro viagem.

Vários países proibiram viagens de cruzeiros por conta da pandemia. Ainda em 2020, foram reportados diversos casos de infectados durante em navios. Em março, o cruzeiro britânico MS Braemar, com cinco casos de Covid-19 e mais de mil pessoas a bordo, atracou em Cuba para possibilitar a repatriação dos passageiros. A partir do atual avanço da vacinação, as companhias começam a planejar como será o retorno das atividades.