Empresa no Colorado é a primeira no mundo a receber licença para vender maconha para fins recreativos

A primeira licença para a venda de maconha para uso recreativo nos Estados Unidos foi concedida a um estabelecimento no Colorado, nesta semana. A Annie's Central City Dispensary fica localizada em Central City e anunciou na sua página do facebook a licença histórica.

Leia mais no Yahoo Debates
Você é a favor da legalização da maconha?
Jornal abre vaga para editor de blog sobre maconha e recebe 400 candidatos
Aumenta o número de casos de cães intoxicados por causa da maconha nos EUA




A empresa é do grupo Strainwise, dono de outras oito 'dispensaries', pequenas lojas que vendem produtos medicinais. A primeira loja de maconha para uso recreativo será aberta em 1° de janeiro de 2014.

Em entrevista ao site The Huffington Post, o diretor de comunicação do Marijuana Policy Project e co-diretor da campanha que ajudou na legalização da maconha, Mason Tvert disse que o Colorado está deixando a proibição no passado. "Pela primeira vez na história, aqueles que vendem maconha estão recebendo licenças por parte do Estado. A maconha será vendida para adultos por empresas legítimas contribuintes em vez de cartéis de drogas no mercado negro", disse.

Embora façam apenas três meses desde que o secretário de Justiça dos EUA, Eric Holder, anunciou a permissão para que os estados de Washington e Colorado criem um regime para regularizar e implementar iniciativas para o uso da maconha, a legalização da erva é um dos mercados de maior crescimento nos Estados Unidos. O aumento é tanto que está prestes a ultrapassar a expansão do mercado mundial de smartphones.

"A indústria da maconha é um dos mercados que mais cresce", disse ao The Huffington Post Steve Berg, ex-diretor do Wells Fargo Bank e editor do relatório 'State of Legal Marijuana Markets'. "Internamente, não fomos capazes de encontrar nenhum outro mercado que esteja crescendo tão rapidamente assim".

Os eleitores do Colorado votaram a favor de uma venda limitada: a posse e o cultivo de maconha para fins recreativos só é permitido para adultos a partir de 21 anos. Pela lei, adultos podem portar até uma onça (equivalente a 28 gramas) de maconha e cultivar até seis plantas em casa que não podem ser vendidas.