Empresário de Gabriel Pereira vê cenário positivo para renovação com Corinthians

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Gabriel Pereira se firmou como titular do Corinthians. Foto: Ettore Chiereguini/AGIF
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Gabriel Pereira virou titular do Corinthians, sob o comando de Sylvinho. O meia mostrou ter qualidades técnicas, desde que foi lançado por Vagner Mancini, em 2020. Aos 20 anos, GP lembra jogadores das antigas, com dribles e infiltrações na área, além de chutar a gol, sem medo de arriscar. Hoje, GP mostra clara evolução, ainda mais com a chegada de experientes como Giuliano, Renato Augusto e Willian. 

A diretoria do Corinthians terá que abrir o cofre para renovar com ele. GP tem contrato até 30 de março de 2022 e já poderia assinar um pré-contrato com outro clube. Um dos seus representantes, Ivan Rocha, vê um cenário positivo para sua permanência no Corinthians.

"Realmente, a gente tem conversado bastante. Claro que temos deixado o Gabriel jogar tranquilo. Ele é um menino muito focado e o momento importante para ele cresça no Corinthians e consiga dar uma resposta positiva. Duílio, Roberto e Alessandro são meus amigos e sempre nos trataram com muito respeito e profissionalismo. A gente tem conversado e, com certeza, vamos chegar num denominador comum. A gente não tem pressa para que isso aconteça e o Gabriel sempre demonstrou vontade para continuar no Corinthians, diz para tudo que é corintiano, muito feliz e sente a vibração da torcida. Estamos tranquilos e as coisas estão num caminho muito bom", afirmou, em entrevista à Rádio Bandeirantes, com acompanhamento do blog

Gabriel Pereira já fez 28 partidas com um go marcado pelo Corinthians. 

>> Ouça o 'Segunda Bola', o podcast do Yahoo com Alexandre Praetzel e Jorge Nicola

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos