Empresário de Glover Teixeira posta foto após luta no Rio

Rosto do brasileiro que anunciou aposentadoria após revés para Jamahal Hill ficou bastante machucado

Glover Teixeira perdeu combate contra Jamahal Hill e anunciou aposentadoria dos octógonos. Foto: Buda Mendes/Zuffa LLC via Getty Images
Glover Teixeira perdeu combate contra Jamahal Hill e anunciou aposentadoria dos octógonos. Foto: Buda Mendes/Zuffa LLC via Getty Images

No último sábado (21), a Jeunesse Arena, no Rio de Janeiro, ficou lotada de torcedores ansiosos para ver o ex-campeão meio-pesado Glover Teixeira sagrar-se campeão mais uma vez.

Mas assim que Jamahal Hill derrubou Teixeira e obteve grande sucesso com sua trocação, o entusiasmo começou a diminuir. O lutador americano consistentemente encontrou um lar para seu jab e seu chute na cabeça. O árbitro Marc Goddard chegou perto de parar a luta em várias ocasiões, mas Teixeira ensanguentado se manteve firme.

Leia também:

Após a campainha final, Hill, sem surpresa, varreu todas as cinco rodadas no placar, lendo-o às lágrimas. A emoção também foi grande do outro lado do octógono, quando Teixeira, de 43 anos, anunciou sua aposentadoria.

Quem viu a luta ficou preocupado com a situação ao ver o rosto do brasileiro todo ensanguentado. Mas o empresário do lutador, Jorge Guimarães, o Joinha, mostrou Glover no hospital após a luta.

Além de tranquilizar os fãs, o empresário também aproveitou a postagem para demonstrar carinho pelo lutador que fechou o UFC 283 com o prêmio de “luta da noite”.

“Como disse Jorge Pereira depois do Batarelli parar sua luta no IVC5 em 98: “o guerreiro não sangra, transborda de honra. Glover, você prima pela excelência e é uma inspiração para todos! "I love you" (Eu te amo)”, escreveu o empresário.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Glover falou sobre o desempenho do adversário e explicou os motivos para pisar no octógono pela última vez no Rio de Janeiro.

“Ele é muito rápido. E na verdade sou muito forte para a minha própria saúde. É hora de parar. Vou botar minhas energias no (Alex) Poatan, um cara novo. Acho que ele vai segurar o cinturão (peso-médio) dele por um bom tempo, depois vai subir para os meio-pesados e ser campeão. Queria ficar igual o Royce Gracie, lutar até não aguentar mais, mas não estou conseguindo acertar os caras, a velocidade não está lá mais. Com muita honra vou me aposentar junto com o Shogun. Eu paro hoje!”, disse Glover.