Empresário troca o noivo por ex na hora do casamento: “Dei a volta por cima”

A vida é cheia de surpresas a todo o tempo. E o empresário Eder Meneghine viveu um deles dias antes de subir ao altar no Rio de Janeiro. Com uma festança pronta para 120 pessoas, ele trocou o noivo do convite por um ex-namorado com quem se relacionou por 18 anos e contou a história ao Yahoo!.

O casório foi anunciado aos quatro ventos da alta sociedade carioca, e brasileira, com o jovem mineiro Dyl Reis, mas a relação de poucos meses desandou nas vésperas do enlace. “Ele pisou na bola e pisou muito, tive que chamar a polícia e tudo. Fiquei muito dodói, a coisa foi feia. Não podia casar com uma pessoa que não despertava confiança e terminei”, contou.

Leia também:

Com o imbróglio, Eder decidiu que não ia deixar uma festa de R$ 250 mil para 120 convidados contados a dedo se perder. “Dei a volta por cima e liguei para uma pessoa que me fez muito bem, que viveu uma história muito linda comigo”, revelou. O escolhido era o cozinheiro Hugo Oliveira, com quem ele havia se relacionado por 18 anos no passado.

“Já havia terminado com ele há cerca de cinco anos. É uma pessoa muito querida e amada. O casamento gay está na moda, mas nunca aconteceu uma história assim. Sou o primeiro a passar por essa situação”, avalia sobre a festa e a união com outra pessoa. Hugo o ajudou a construir o império do entretenimento que ele possui hoje e sempre esteve ao seu lado.

O pedido não teve toda a pompa do primeiro, mas Meneghine conta que foi especial. “O liguei e fiz o convite para casar comigo no dia seguinte. Ele até perguntou se ainda dava tempo e casamos. Foi lindo! Agora estamos mudando os dados no cartório porque foi tudo muito em cima da hora”, revelou. A lua de mel será em outro momento. “Agora tem que trabalhar muito para pagar o casamento (risos)”, completou.

Proprietário do Solar das Palmeiras Rio, na Ilha da Gigóia, na região da Barra da Tijuca, Eder é expert em fazer festas e comemorações. “Fazer o meu casamento foi a coisa mais fácil do mundo. Como já tenho toda da técnica, conheço pessoas e tenho essa facilidade, foi tranquilo. O mais importante é saber o que se quer e eu sempre soube”, explicou.

A cerimônia contou com Isabelita dos Patins levando as alianças, tenor para a entrada dos noivos, DJs, iluminação, decoração, cerimonialista, maquiador, convites, doces e um bolo de três andares com sabor de abacaxi.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos