Empresário que apostou em Bolsonaro e perdeu R$ 800 mil garante que vai pagar

Empresário apoiador de Bolsonaro perdeu aposta de R$ 800 mil - Foto: Arquivo Pessoal
Empresário apoiador de Bolsonaro perdeu aposta de R$ 800 mil - Foto: Arquivo Pessoal
  • Empresário apostou em Bolsonaro e perdeu R$ 800 mil após resultado das eleições

  • Berginho foi uma das "vítimas" de Artu Oliveira, que viralizou por fazer diversas apostas na vitória de Lula

  • O bolsonarista se mostrou decepcionado com o resultado, mas garantiu que pagará a dívida

O empresário Gildenberg de Sá perdeu o equivalente a R$ 800 mil ao apostar na vitória de Jair Bolsonaro (PL) no segundo turno da eleição presidencial, contra Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Apoiador do atual presidente, "Berginho", como é conhecido, é empresário do ramo de mineração. Nascido em Pernambuco, vive em Grajaú, no interior do Maranhão, onde atua.

Antes das eleições, o empresário tomou conhecimento sobre a trajetória de outra empresário, Artu Oliveira, este apoiador de Lula.

Artu ficou conhecido nas últimas semanas nas redes sociais por fazer apostas de alto valor no petista, confiando em sua vitória na disputa presidencial.

O contato entre eles terminou com Berginho colocando à sorte 11.111 toneladas de pedras de gesso, avaliadas em R$ 800 mil, enquanto Artu apostou um sítio de 23 hectares na região, avaliado no mesmo valor.

Aposta será paga, garante empresário

Com a derrota, o bolsonarista terá de honrar a aposta, que chegou a ser registrada em cartório. Ele garantiu que pagará e se mostrou decepcionado com o resultado das urnas.

"A derrota não foi minha, a derrota foi do Brasil, infelizmente. Sobre a minha aposta, isso é o de menos. O que está em jogo é a nação. Mas Deus sabe de todas as coisas", declarou ao g1.