Empresário que votou em Bolsonaro em 2018 aposta R$ 800 mil na vitória de Lula

Empresário que fez campanha para Bolsonaro em 2018 está apostando R$ 800 mil na vitória de Lula. Foto: AP Photos.
Empresário que fez campanha para Bolsonaro em 2018 está apostando R$ 800 mil na vitória de Lula. Foto: AP Photos.
  • Empresários maranhenses fizeram aposta de R$ 800 mil em disputa eleitoral;

  • Empresário que fez campanha para Bolsonaro em 2018 aposta na vitória de Lula;

  • Em 2018, os dois empresários votaram em Bolsonaro.

No município de Grajaú, a 580 km de São Luís, capital do Maranhão, dois empresários decidiram apostar R$ 800 mil na vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ou de Jair Bolsonaro (PL) nas eleições deste ano.

Os dois maranhenses, Artu Oliveira e Gildenberg de Sá, afirmaram ao portal G1 que já reconheceram firma das assinaturas do contrato que especifica os termos de validação da aposta.

De acordo com o termo do documento, quem acertar o ganhador das eleições para presidente receberá o montante.

Veja as últimas pesquisas eleitorais para presidente:

Artu, que declarou voto no candidato petista, acredita que o ex-presidente será exitoso neste ano. Em 2018, ele votou em Bolsonaro.

Enquanto isso, Gildenberg diz estar confiante de que o presidente continuará no cargo e vencerá já no primeiro turno. Em 2018, seu voto também foi para o candidato do PL.

Em disputa, Artu colocou uma chácara de 23 hectares, localizada a 41 km de Grajaú. A propriedade está avaliada em R$ 800 mil. Já Gildenberg dispôs de 11.111 toneladas de pedras gessos, também avaliadas em R$ 800 mil.

A aposta foi formalizada no 1° Ofício do Cartório do município. A exceção entre as cláusulas é que se um dos candidatos sair da disputa eleitoral, o acordo será desconsiderado.

Gildenberg afirma que sua amizade com Artu está acima de divergências políticas: "Nós vivemos numa democracia. Tenho amigos do PT, do Bolsonaro. Acho que devemos respeitar".

Qual a data das Eleições 2022?

O primeiro turno das eleições será realizado no dia 2 de outubro, um domingo. Já o segundo turno – caso necessário – será disputado no dia 30 de outubro, também um domingo.

Veja a ordem de escolha na urna eletrônica nas Eleições 2022

  1. Deputado federal (quatro dígitos)

  2. Deputado estadual (cinco dígitos)

  3. Senador (três dígitos)

  4. Governador (dois dígitos)

  5. Presidente da República (dois dígitos)