Encontradas 17,5 toneladas de cinzas de prisioneiros do regime nazi

Encontradas 17,5 toneladas de cinzas de prisioneiros do regime nazi

Foram descobertas 17,5 toneladas de cinzas humanas perto de um antigo campo de concentração nazi, no norte da Polónia.

Os restos mortais pertencentes a prisioneiros polacos judeus da Segunda Guerra Mundial.

O Instituto de memória Nacional, que investiga crimes nazis, acredita que estas cinzas pertençam a 8 mil polacos que terão sido assassinados em 1944.

Acredita-se que tenham sido queimados milhares de corpos pelo regime nazi, de forma a esconder os vestígios dos crimes cometidos na época.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos