Encontro da APEC termina com aposta na economia sustentável

O Fórum de Cooperação Económica Ásia-Pacífico (APEC) foi concluído com a aprovação dos chamados "Objetivos de Banguecoque", um plano destinado a fomentar o "crescimento económico sustentável" e as energias renováveis.

Entre os pontos definidos no projeto está a aposta na transição para energias limpas e com fracas emissões de CO2, bem como financiamento e investimento na sustentabilidade e combate às alterações climáticas.

Apesar de ter como membros a Rússia e a China - que tradicionalmente se abstém das críticas a Moscovo - o Fórum também inclui nas declarações finais uma condenação à guerra na Ucrânia, por parte da grande maioria dos seus membros.

O primeiro-ministro tailandês passou para as mãos da vice-presidente norte-americana Kamala Harris os deveres de anfitrião, já que serão os Estados Unidos a receber, em São Francisco, o próximo encontro do fórum, em 2023.