Endrick: como será o primeiro contrato com o Palmeiras

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Primeira multa rescisória de Endrick com o Palmeiras seria de R$ 316 milhões.
Primeira multa rescisória de Endrick com o Palmeiras seria de R$ 316 milhões. Foto: (Marcello Zambrana/AGIF)

Comemore, torcedor palmeirense! O Palestra está em vias de anunciar o acerto com o garoto Endrick para seu primeiro contrato profissional com o Verdão e garantir sua permanência no clube por mais algum tempo. De acordo com informações publicadas pelo jornalista italiano Fabrizio Romano, o vínculo será válido até o ano de 2025 e a multa rescisória terá valor de 60 milhões de euros, aproximadamente R$ 316 milhões na cotação atual.

Ainda com 15 anos de idade, Endrick completa 16 anos no dia 21 de julho e, apenas a partir desta data, aí sim poderá assinar o seu primeiro contrato profissional. Seu vínculo atual é de formação com o Palmeiras e as conversas para a assinatura do contrato estão se alongando há alguns meses.

Leia também:

Sondagens de diversos clubes europeus já foram feitas, uma vez que Endrick atrai os holofotes de todas as grandes equipes do mundo. Real Madrid, Barcelona, Manchester City e Paris Saint-Germain são os postulantes a tirarem a joia do Palmeiras, mas seus pais e representantes sempre frisaram que o interesse inicial era de assinar o contrato com o clube brasileiro.

Nos últimos dias, enquanto dentro de campo Endrick alterna entre jogos com o time sub-20 do Palmeiras e sessões de treinamento com o elenco atual, os seus empresários têm conversado de forma mais constante com os dirigentes do Verdão e chegando, cada vez mais perto, de um acordo para que a negociação seja selada e, enfim, o jovem de 15 anos possa focar apenas no futebol.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos