Endurecimento de medidas anticovid na Bélgica leva setor cultural a "desobediência civil"

·1 min de leitura

Em meio à rápida propagação da nova variante ômicron do coronavírus, a Bélgica decide endurecer as medidas anticovid no país e anuncia o fechamento de salas de cinema e teatro – mas vê também crescer uma onda de “desobediência civil”.

Letícia Fonseca-Sourander, correspondente da RFI em Bruxelas

A decisão do governo está sendo posta à prova no pequeno país. Uma onda de “desobediência civil” tem crescido desde o último domingo (26), quando milhares de pessoas ligadas ao mundo cultural belga se manifestaram contra o fechamento obrigatório das salas de espetáculo, cinema e teatro, imposto como medida de precaução contra a nova variante ômicron do coronavírus. Segundo os organizadores, o protesto reuniu quase 15 mil pessoas no centro de Bruxelas.

O endurecimento das medidas anticovid provocou fortes reações, não só do setor artístico, como da ministra francófona da Cultura, Bénédicte Linard. Apesar da ordem de fechamento, os cinemas e teatros, principalmente em Bruxelas, Namur e Liège, decidiram desobedecer as autoridades e permanecem abertos. De acordo com os “resistentes”, a lei é injusta e autoritária. A polícia informou que não pretende fiscalizar para verificar quem não está cumprindo a lei. O primeiro-ministro da Bélgica, Alexander De Croo, afirmou que as restrições serão reavaliadas em janeiro.

Queda de braço entre setor cultural e governo

Além do fechamento dos cinemas e teatros, o país voltou a restringir o limite de frequentação nas lojas, além de proibir o público em todos os treinos e competições esportivas.


Leia mais

Leia também:
Profissionais de saúde da Bélgica protestam contra projeto do governo de impor vacinação anticovid
França e Bélgica autorizam vacina contra Covid-19 para crianças de 5 a 11 anos
Para lutar contra ômicron, França impõe máscara novamente em espaços abertos e incita trabalho remoto

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos