Enfermeira chega para trabalhar e se depara com filho morto

Enfermeira acompanha dados de saúde do paciente no hospital. (Foto: Getty Creative)
Enfermeira acompanha dados de saúde do paciente no hospital. (Foto: Getty Creative)

Na sexta-feira (17), a enfermeira Beatriz Torres chegou para trabalhar no Hospital Regional de Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia que faz fronteira com o Brasil, achando que seria mais um dia comum de sua jornada. Entretanto, a brasileira foi surpreendida negativamente quando encontrou o filho, Nelson Alex Figueiredo, de 20 anos, morto.

Segundo informações da Polícia Nacional do Paraguai, o jovem sofreu um acidente de trânsito em Ponta Porã (MS), cidade brasileira vizinha a Pedro Juan. Ele foi então encaminhado, já sem vida, para o hospital onde a mãe é funcionária.

Ao entrar no setor onde ficam os corpos sem identificação, Beatriz identificou, sem querer, o próprio filho. Ela não sabia que o Nelson havia sofrido um acidente e abalada, precisou ser socorrida pelos colegas de profissão.

As informações são do portal G1.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos