Atentados deixam pelo menos 32 mortos no sul da Síria

Beirute, 25 jul (EFE).- Pelo menos 32 pessoas, entre combatentes e civis, morreram em vários atentados que atingiram nesta quarta-feira a cidade de Al Sweida, no sul da Síria, e em combates entre forças governamentais e o grupo terrorista Estado Islâmico (EI) na província de mesmo nome, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A ONG explicou que pelo menos três homens-bomba usando cinturões com explosivos e que supostamente pertenciam ao EI se explodiram em Al Sweida, ao mesmo tempo que detonaram vários artefatos em diferentes pontos da cidade. EFE