Enfermeiros do Rio marcam nova paralisação

***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 08.09.2022 - O ministro da Economia, Paulo Guedes, participa da #ABX22 Automotive Business, no São Paulo Expo, na zona sul da cidade. (Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress)
***ARQUIVO***SÃO PAULO, SP, 08.09.2022 - O ministro da Economia, Paulo Guedes, participa da #ABX22 Automotive Business, no São Paulo Expo, na zona sul da cidade. (Foto: Rivaldo Gomes/Folhapress)

RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Enfermeiros do Rio de Janeiro convocaram uma nova paralisação, com duração de 24 horas, para a próxima segunda-feira (26).

Segundo Líbia Bellusci, diretora do SindEnfRJ (Sindicato dos Enfermeiros do Rio de Janeiro), o movimento é uma forma de pressionar o Congresso e o ministro da Economia, Paulo Guedes, para a aprovação de fontes de custeio que garantam o novo piso da categoria, suspenso pelo STF até que sejam apresentadas informações sobre o impacto econômico da medida.

Segundo Bellusci, a mobilização vai acontecer na frente do Hospital Pasteur, no Méier, bairro da zona norte da cidade.

Neste mês, a enfermagem do Rio já havia feito uma paralisação no dia 14.