Engajamento de Richarlison com colecionáveis digitais atinge cerca de 35 países

Engajamento de Richarlison com lançamento de colecionáveis digitais atinge cerca de 35 países

Um dos grandes nomes da seleção brasileira e do futebol mundial na atualidade, o atacante Richarlison lançou há cerca de um mês uma coleção de tokens não fungíveis, com os momentos mais especiais de sua carreira até o momento, em parceria com a IDG (International Digital Group). Entre a data de lançamento, 30 de junho, e hoje, mais de 500 NFTs foram adquiridos por fãs de todo o mundo, tendo alcançado 42 mil visitas/cliques à página de NFT do jogador , com mais de 240 mil pontos coletados por fãs em ações de engajamento

Para se ter uma ideia do alcance global do atual jogador do Tottenham, fãs de cerca de 35 países tiveram participação de engajamento neste processo. Entre o 'Top 7', o Brasil liderou com cerca de 22%, acompanhado curiosamente de perto por torcedores da Coréia do Sul, com 16,7%. Da Inglaterra, país onde o 'Pombo' atua desde 2017, vieram 13%, seguido por EUA com 7%, Índia e Indonésia com 6%, e Alemanha com 2%.

De acordo com Sylmara Multini, CEO da IDG, os tokens não fungíveis e a criação de fan tokens gera uma aproximação maior do atleta com o público: “A criação de um NFT ou o lançamento de um fan token agrega muita experiência ao colecionador. A possibilidade da aproximação com o fã é algo imensurável com o que estamos proporcionando. Sabemos que essa relação do público com o ídolo, neste caso um jogador ou um clube, na maioria das vezes é restrita. Estes ativos garantem essa aproximação de maneira simples, muitas vezes trazendo interações do torcedor com o ídolo, algo que ajuda os fãs a se sentirem ainda mais perto daqueles que admiram”.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos