Engavetamento em Campinas faz carro subir em cima de outro; veja imagens

Acidente envolveu sete carros e um ônibus

Carro da CPFL sobe em cima de outro veículo
(Reprodução)
Carro da CPFL sobe em cima de outro veículo (Reprodução)
  • Engavetamento entre sete carros e um ônibus paralisa trânsito em Campinas;

  • Na ocasião, um carro subiu em outro carro devido ao impacto;

  • O motorista do veículo que ficou embaixo sofreu escoriações leves.

Um engavetamento entre sete carros e um ônibus, na manhã desta segunda-feira (16), fez com que um dos veículos "levantasse" e subissem em cima de outro. O caso aconteceu na Avenida John Boyd Dunlop, em Campinas, interior de São Paulo.

O carro que ficou por cima é da Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL). O motorista do veículo que ficou por baixo – completamente destruído - teve escoriações leves. Ninguém mais ficou ferido.

"Os carros da frente frearam, nós freamos, e eu vi no retrovisor que o carro vinha com tudo, não sei se falhou o freio, mas não tinha o que fazer, aí pegou com tudo meu carro, que ficou embaixo dele", explicou o gestor administrativo Geraldo Normando à EPTV, afiliada da TV Globo.

Outro motorista explica que o engavetamento aconteceu por causa do ônibus da linha 224, que liga o residencial Sirius, no bairro Satélite Iris, ao corredor central. De acordo com o entrevistado, o trânsito começou a parar, mas o ônibus perdeu o controle, não conseguiu frear e bateu no carro da CPFL. A partir daí, um veículo começou a empurrar o outro.

"Só senti o impacto, a hora que eu decidi já tinha acontecido. Segundo o motorista do ônibus, faltou o freio, mas a gente não sabe dizer", relatou o coletor João Batista.

Carro da CPFL sobe em cima de outro veículo (Reprodução)
Carro da CPFL sobe em cima de outro veículo (Reprodução)

O acidente aconteceu sob a ponte da Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), no sentido Centro, deixando uma faixa interditada. O local enfrenta doses diárias de trânsito pesado, já que não é um trecho duplicado.

Todos os carros, com exceção do ônibus, foram removidos por volta das 8h40. Em nota, o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros da Região Metropolitana de Campinas (SetCamp) informou que abriu sindicância para "averiguar as causas, as responsabilidades e a dinâmica do acidente".