Ensaio da Vila é cancelado e comércio fecha as portas após morte de traficante no Morro dos Macacos

Arthur Leal
Morro dos Macacos, em Vila Isabel

Moradores de Vila Isabel, na Zona Norte, vivem um clima tenso nesta quinta-feira. Pela manhã, uma uma incursão de policiais militares ao Morro dos Macacos terminou em troca de tiros e um suspeito, apontado como um dos chefes do tráfico da região, conhecido como Gorilinha, foi baleado e levado ao Hospital Federal do Andaraí, onde não resistiu e morreu.

Em represália, o tráfico teria ordenado toque de recolher a comerciantes da favela e do bairro, que, segundo relatos, começaram a fechar as portas no fim da tarde. O clima de tensão, inclusive, chegou à escola de samba da comunidade, a Unidos de Vila Isabel. O ensaio da agremiação, que aconteceria nesta quinta à noite, na Avenida Vinte e Oito de Setembro, foi cancelado. Em nota, a escola afirmou que cancelou o treino devido a "problemas de segurança pública no entorno da sua quadra e do Morro dos Macacos", e que a decisão "visa garantir a integridade dos desfilantes".

Em nota, a Polícia Militar esclareceu que a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) realizou uma operação na comunidade Macacos, em Vila Isabel, na manhã desta quinta-feira, para checar informações levantadas pelo Setor de Inteligência, e que policiais da UPP Macacos e do Grupamento de Intervenções Táticas (GIT) das UPPs participaram da ação. Durante buscas pelo local, conta a PM, as equipes foram recebidas a tiros e houve confronto: "Após cessarem os disparos, um criminoso com uma pistola foi encontrado ferido, sendo socorrido ao Hospital Federal do Andaraí. Contra ele, constam dois mandados de prisão em aberto", conclui a polícia.

O policiamento está reforçado na região, e o caso foi registrado na 20ªDP