Entenda como é calculado o score no Serasa

Score do Serasa: entenda o que é e como funciona a métrica. (Getty Images)
Score do Serasa: entenda o que é e como funciona a métrica. (Getty Images)
  • Medida foi criada pelo Serasa para avaliar o histórico de bom pagador do consumidor;

  • Confira como ele é calculado e como aumentar sua pontuação;

  • Score é consultado por bancos e empresas na hora de oferecer crédito ao cliente.

Ficar negativado no Serasa é uma grande preocupação dos consumidores brasileiros. A pontuação é utilizada por diversas empresas para aprovação de crédito pessoal, o que influencia na possibilidade de ter um cartão de crédito, tomar um empréstimo ou fazer um financiamento de automóvel ou de habitação.

Mas afinal o que exatamente é o score do Serasa, e como ele funciona?

O que é o score do Serasa?

O score do Serasa é uma medida criada pela agência de avaliação de crédito para mensurar o quão bom pagador um um consumidor é. Ele é calculado a partir da análise de dados de cidadãos brasileiros enviados por empresas de serviços, como água e eletricidade, bancos, lojas e outras organizações financeiras.

É importante destacar que as empresas só podem enviar, sem o consentimento do consumidor, apenas dados negativos, como o atraso ou não pagamento de contas. Caso o cidadão queira que seu histórico de bom pagador seja considerado pelo Serasa, ele deverá se inscrever no Cadastro Positivo, que permite o envio dessas informações benéficas.

Na verdade, a pontuação do Serasa não vai a nenhum número negativo, mas sim vai de 0 a 1000. De 0 a 300 a pontuação do usuário é considerada baixa, de 301 a 500 ela é regular, de 501 a 700 é boa, e de 701 a 1000 é muito boa. Ou seja, o popular termo "negativado" serve apenas como uma força de expressão.

O que influencia no score do Serasa?

Cada aspecto da vida financeira de crédito do consumidor influencia em sua pontuação no Score:

  • Ter um bom histórico de pagamento, como no caso do Cadastro Positivo, pesa em 55% de sua pontuação;

  • Não ter dívidas ou pendências em seu nome influencia o score em 33%;

  • Possuir um cartão de crédito ativo e pago em dia tem um peso de 6%;

  • Consultar seu score com frequência também pesa 6%;

  • A sua renda não tem nenhuma influência no seu score de crédito.

É possível ter um bom score, mas ser rejeitado por um banco?

O score do Serasa não é a única coisa avaliada por bancos e outras empresas financeiras na hora de fornecer crédito para um consumidor. Cada banco tem suas exigências, políticas de avaliação e produtos específicos para cada tipo de profissional.

Se você foi rejeitado para um financiamento imobiliário em um banco, isto não quer dizer que tenha sido pelo seu score, mas sim porque talvez haja outros critérios utilizados pela instituição que te impeçam de arranjar o empréstimo.

Como melhorar o score do Serasa?

No entanto, se seu score estiver baixo, realmente ele pode ser o problema na hora de arranjar crédito na praça. A boa notícia é que há formas de melhorar seu score.

Para começar, uma boa ideia é consultar seu score, ver no Limpa Nome se há dívidas pendentes em seu nome negociar o pagamento desses débitos. Uma outra maneira de aumentar a sua pontuação é se cadastrar no Cadastro Positivo. Desta forma, as empresas que recebem seus pagamentos em dia poderão relatar ao Serasa suas boas experiências com você.