Entenda como funciona a aposentadoria dos deputados federais

Para receber sua aposentadoria, um deputado federal precisa cumprir, pelo menos, 15 anos de contribuição para o Regime Geral de Previdência Social (RGPS) e atingir uma idade mínima: 65 anos para homens e 62 para mulheres. Além disso, o salário é limitado a R$6 mil: o teto do INSS.

A nova regra vale para os deputados eleitos após a Reforma da Previdência, de 2019. Os que foram eleitos antes disso ainda podem contribuir com o Plano de Seguridade Social dos Congressistas. Esse regime em vigor desde 1997 permite ao deputado um aumento na aposentadoria conforme passe mais tempo no cargo.

Para receber o valor integral, o parlamentar precisa pagar 30% de pedágio sobre o tempo de contribuição. Ou seja: se faltavam 10 dos 35 anos para um homem ou 30 para uma mulher, ainda é necessário completar 13 anos contribuindo para a previdência. Se fizer isso, não há limites para sua aposentadoria: há deputados que ganham mais de R$ 30 mil mensais.