Entenda por que PA, que confirma volta ao esporte, estará fora da nova seleção permanente de atletismo

Fora da casa do Big Brother Brasil, Paulo André, vice-campeão no programa da TV Globo, se declarou ao atletismo. O semifinalista olímpico confirmou que voltará às pistas, "a coisa que mais amo" terá obstáculos. De cara, PA, atleta da Marinha do Brasil, deixará a seleção brasileira permanente. Além disso, terá pouco tempo para conseguir índice para o Mundial, nos EUA, o torneio mais importante do ano.

É que o grupo será renovado após o Ibero-Americano de Mucia, de 20 a 22 de maio, na Espanha. Somente os dois primeiros do ranking brasileiro de cada prova entram na seleção. E PA, que tinha a segunda melhor marca em 2021, não figura mais na lista da entidade porque não tem resultado em 2022. Erik Felipe Barbosa Cardoso é o atual líder do ranking brasileiro com marca de 10seg04. Rodrigo Pereira do Nascimento tem10seg20. PA não aparece entre os 50 listados.

Segundo a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), o ranking ainda será atualizado com os resultados até o dia 22, incluindo o Torneio Internacional Loterias Caixa São Paulo, que está sendo disputado nesta quarta-feira, no estádio do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, na Vila Clementino, em São Paulo.

De acordo com a entidade, o grupo deve mudar novamente em seis meses.

— Não posso esquecer o que me levou até o BBB. Foi o atletismo. As pessoas ao meu redor já sabiam que teria esse embate com as outras coisas que eu me destaquei. Quero ainda realizar meu sonho como atleta. Ainda sou novo, e quero desfrutar tudo o que plantei lá dentro. Não seria inteligente fechar as portas para tudo o que plantei lá dentro. Vou ver o que é mais viável, mas quero motivar mais a minha carreira de atleta — disse PA, em coletiva para a imprensa, após a saída do programa.

O atleta terá ainda pouco tempo para se garantir no torneio mais importante da temporada: Mundial de Eugene, em Oregon (EUA), de 15 a 24 de julho.

Campeão com o 4x100m no Mundial de Revezamento de Yokohama, no Japão, e no Pan-Americano de Lima, no Peru, ambos em 2019, além de semifinalista dos 100m em Tóquio no ano passado, o brother ainda não tem índice para esta competição. O período para a obtenção da marca começou em 27 de junho de 2021 e vai até o dia 26 de junho de 2022. Ele precisa correr 10s05, índice forte e estabelecido pela World Athletics. E pode obtê-lo em qualquer competição oficial.

A última chance será no Troféu Brasil, de 23 a 26 de junho, no Rio. PA tem como melhor marca homologada 10s02, de setembro de 2018.

O atleta disse que entrou no programa para abrir portas tanto no vida pessoal como na de atleta.

— Ser atleta no Brasil é muito difícil, ainda mais no atletismo, que é um esporte com pouca visibilidade. A gente luta muito para ser reconhecido, alcançar os objetivos — comentou. — A gente tem que infelizmente buscar outros meios. Não aceitei o desafio só por isso, eu também queria uma nova experiência na vida. Mas o atletismo continua sendo a coisa que eu mais amo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos