Entre túmulos e livros

Entre túmulos e livros, o coveiro e filósofo Osmair Cândido atravessou um dos piores momentos da pandemia da covid-19, em São Paulo, quando chegou a sepultar cerca de 18 corpos por dia. Agora, este brasileiro se prepara para lançar um livro dividido em três volumes, que já desperta interesse em diversas editoras.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos