Envelope suspeito recebido em base militar espanhola

Os serviços da base aérea militar espanhola de Torrejón de Ardoz intercetaram um envelope semelhante aos que chegaram ontem à embaixada ucraniana em Madrid e a uma empresa de fabrico de armas em Saragoça.

Neste momento, a polícia está a avaliar uma possível ligação com a carta enviada à representação diplomática ucraniana, que feriu ligeiramente um funcionário, e à que foi recebida pela empresa de armas Instalaza, que emprega mais de 150 pessoas em três fábricas e exporta para mais de 35 países.

Também nesta quinta-feira, o ministério do Interior espanhol revelou que há uma semana o alvo foi a residência do chefe do governo espanhol.

O Tribunal Nacional está a investigar pelo menos o primeiro caso, o explosivo enviado para a embaixada, como crime de terrorismo e a segurança e a proteção das instalações diplomáticas foram reforçadas.