Enviado para o clima dos EUA, John Kerry, testa positivo para covid na COP27

O enviado presidencial especial para o clima dos Estados Unidos, John Kerry, que dirige a delegação de ser país na conferência da ONU sobre o clima no Egito (COP27), testou positivo para o novo coronavírus, anunciou a sua porta-voz nesta sexta-feira (18).

O anúncio acontece no momento em que os delegados de quase 200 países seguem negociando em Sharm el-Sheikh, o que deve continuar acontecendo até pelo menos este sábado, além da data-limite oficial da cúpula que estava prevista para esta sexta.

Por ora, as negociações seguem bloqueadas em torno do financiamento da ação contra a mudança climática e o futuro das energias fósseis, dois capítulos nos quais os Estados Unidos têm papel fundamental.

"O secretário Kerry está em isolamento após testar positivo para a covid-19 em Sharm el-Sheikh. Está completamente vacinado e com uma dose de reforço, e apresenta sintomas leves", assinalou a porta-voz Whitney Smith em nota.

Segundo Smith, o enviado especial "está trabalhando com sua equipe de negociadores e seus colegas estrangeiros por telefone, para garantir um resultado bem-sucedido na COP27".

so-avl/eb/rpr