Enviados de EUA, Coreia do Sul e Japão se reúnem em meio a sinais de teste nuclear norte-coreano

Kim Gunn, da Coreia do Sul, Sung Kim, dos EUA, e Takehiro Funakoshi do Japão, chegam para reunião em Seul

Por Soo-hyang Choi

SEUL (Reuters) - Autoridades de Estados Unidos, Coreia do Sul e Japão se reuniram em Seul nesta sexta-feira para se preparar para "todas as contingências" em meio a sinais de que a Coreia do Norte está se preparando para realizar um teste nuclear pela primeira vez desde 2017.

O representante especial dos EUA, Sung Kim, se encontrou com seus colegas de Coreia do Sul e Japão, Kim Gunn e Funakoshi Takehiro, após uma avaliação norte-americana de que a Coreia do Norte está preparando seu local de teste em Punggye-ri para o que seria seu sétimo teste nuclear.

"Estamos nos preparando para todas as contingências em estreita coordenação com nossos aliados japoneses e sul-coreanos", disse Kim no início da reunião.

Este ano, a Coreia do Norte testou vários mísseis balísticos, incluindo um que se acredita ser seu maior míssil balístico intercontinental, violando resoluções da ONU.

"Queremos deixar claro para a Coreia do Norte que suas atividades ilegais e desestabilizadoras têm consequências e que a comunidade internacional não aceitará essas ações como normais", disse o enviado dos EUA.

O recém-nomeado diplomata nuclear da Coreia do Sul Kim Gunn afirmou que a "busca implacável da Coreia do Norte por armas nucleares só acabará fortalecendo nossa dissuasão".

Na semana passada, os Estados Unidos pediram mais sanções da ONU contra a Coreia do Norte por causa de seus lançamentos de mísseis balísticos, mas China e Rússia vetaram a sugestão, dividindo publicamente o Conselho de Segurança da ONU sobre a Coreia do Norte pela primeira vez desde que começou a puni-la em 2006, quando o país realizou seu primeiro teste nuclear.

(Reportagem de Soo-hyang Choi, Dogyun Kim, Daewoung Kim e Josh Smith)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos