Envolvido em treta familiar com Karina Bacchi é cria do Flamengo e fez carreira no exterior

Montagem Amaury e Karina Bacchi trocaram farpas (Foto: Reprodução)


O ex-atacante do Flamengo Amaury Nunes voltou a ser notícia ao declarar publicamente que sente falta de seu filho Enrico Bacchi, fruto de seu casamento com a modelo Karina Bacchi. O ex-atleta e agora empresário postou uma mensagem parabenizando o menino e lamentou a distância entre os dois. O ex-jogador atuou em poucos times do Brasil e fez carreira no exterior.

+ Neymar tem melhor início com a camisa do PSG e gera expectativa às vésperas da Copa do Mundo

O ex-jogador foi revelado pelo Rubro-Negro nas categorias de base. Chegou até a jogar no time profissional do Bangu, quando ainda era jovem. No entanto, sua carreira de jogador, no Brasil, parou em Moça Bonita.

CONHEÇA A CARREIRA DO JOGADOR
Assim como muitos jogadores, Amaury Nunes teve uma rápida passagem por times nacionais, mas defendeu diversos clubes no exterior.

Aos 20 anos, o atleta carioca começou a estudar e atuar em times universitários dos EUA. Interesse que despertado por um amigo do jogador.

Como se destacava no esporte universitário, Nunes despertou o interesse de times profissionais e acabou tendo passagem por algumas equipes do país. Entre os anos de 2005 e 2010, época que esteve nos EUA, passou pelos times de Fresno, Fuego, Charlotte Eagles, Rochester Rhinos e Charleston Battery. Após o sucesso das temporadas nas equipes, Amaury chamou a atenção e foi parar no futebol asiático.

O empresário, que também teve passagens pelo Churchill Brothers, da Índia, Citizen AA, de Hong Kong e TOT S.C., da Tailândia, encerrou sua carreira em 2013, após enfrentar diversas lesões.

CARREIRA DE EMPRESÁRIO
Ao sair dos gramados, o ex-jogador que já planejava o futuro longe das quatro linhas, decidiu abrir, em 2008, a A10 Academy, empresa voltada para o ramo de intercâmbio esportivo, decisão que tomou devido a experiência vivida pelo ex-atleta que conciliou estudos com futebol.

- Decidi auxiliar jovens que, assim como eu, têm esse sonho de jogar futebol sem abandonar os estudos. Hoje em dia, só os EUA podem proporcionar isso - contou Amaury Nunes explicando o orgulho que tinha em já ter mandado mais de 500 jovens para estudar e praticar esportes nos EUA, em entrevista ao portal da UOL em 2017.

Amaury também é proprietário da A10, empresa fundada em 2014 para agenciar jogadores de futebol profissional, tendo como especialidade negociações contratuais, gestão de carreiras e intermediações. A agência tem entre seus cases de sucesso os jogadores Diego Costa e Luis Henrique, ex-Fluminense.