‘Epicentro da variante Delta’ no país, RJ já tem 6 cidades com 100% das UTIs ocupadas

·1 minuto de leitura
RIO DE JANEIRO, BRAZIL - JULY 29: Funeral workers carry out burials of Covid-19 victims at Inhauma Cemetery, north of the city, in Rio de Janeiro, Brazil on July 29, 2021. Brazil has more than 1,300 deaths for the 3rd day in a row this Thursday. The country reached the mark of 553,179 lives lost since the beginning of the pandemic. The number of infected is 19,839,369, with 42,283 new confirmed cases in the last 24 hours. (Photo by Fabio Teixeira/Anadolu Agency via Getty Images)
Enterro de vítima da covid-19 no Cemitério Inhauma, no norte da cidade do Rio de Janeiro, em 29 de julho de 2021. Foto: Fabio Teixeira/Anadolu Agency via Getty Images
  • Municípios são Bom Jesus do Itabapoana, Cantagalo, Itaguaí, Itaperuna, Miracema e Nova Friburgo

  • Capital tem apenas 30 leitos disponíveis

  • Estado está em alerta sob variante Delta

No estado do Rio de Janeiro, nesta terça-feira (17), seis cidades estão com todos os leitos de UTI (Unidade de Tratamento Intensivo) da rede pública. São elas:

  • Bom Jesus do Itabapoana

  • Cantagalo

  • Itaguaí

  • Itaperuna

  • Miracema

  • Nova Friburgo

Leia também

Além dessas, outras três cidades têm taxa de ocupação de leitos acima de 90%: Rio de Janeiro, Teresópolis e Duque de Caxias. Em Teresópolis há apenas um leito de UTI vago, enquanto em Duque de Caxias há 10 e na capital, 30.

A Secretaria Estadual de Saúde já havia afirmado na segunda-feira (16) que a variante Delta é a mais identificada em amostras coletadas e analisadas por técnicos. A Secretaria também já avalia a capital fluminense como “epicentro da Delta” no país, segundo documento interno obtido pelo portal G1.

A variante é considerada por pesquisadores como mais contagiosa que outras, o que tem gerado preocupação em todo o mundo. A superintendente de Regulação da Secretaria pedia a avaliação “com urgência” da possibilidade de aumentar o número de vagas.

Em até 15 dias, a SES deve publicar um chamado público para contratar 150 leitos para covid-19. Destes, serão 100 de UTI e 50 de enfermaria, mas ainda não se sabe quais municípios serão contemplados.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos