Rússia desenha 1º submarino nuclear civil do mundo

Moscou, 29 mar (EFE).- A Rússia elabora o projeto do primeiro submarino nuclear civil do mundo com a missão de explorar os recursos naturais do Ártico, afirmou nesta quarta-feira Victor Litvinenko, cientista do Fundo de Pesquisas Avançadas.

Em vez de sistemas de mísseis, o submarino atômico será equipado com robôs e outros aparelhos não tripulados que permitirão inspecionar o fundo do mar na busca por recursos.

Litvinenko afirmou durante o Fórum Ártico, realizado em Arkhangelsk, que não existe no mundo um submarino desse tipo e que sua construção garantirá no futuro a exploração dos recursos da plataforma continental.

Conforme o plano diretor, o submersível terá 135,5 metros de comprimento, velocidade de 12,6 nós, autonomia de navegação de 90 dias, profundidade máxima de imersão de 400 metros e tripulação de 40 pessoas. O projeto é obra da estatal Rubin, fundada nos tempos soviéticos e que se dedica a construir submarinos militares.

O presidente russo, Vladimir Putin, presidirá amanhã, o Fórum Ártico, que terá as presenças do presidente da Finlândia, Sauli Niinisto, e do presidente da Islândia, Gudni Johannesson. Putin afirmou que, segundo especialistas, a plataforma continental ártica acolhe quase um quarto dos recursos energéticos do planeta, enquanto o Ártico russo abriga 1,6 trilhão de toneladas de hidrocarbonetos. EFE

io/cdr