'Era brincadeira', diz deputado conservador sobre vídeo com outro homem

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Um deputado do Partido Republicano dos Estados Unidos teve vazado um vídeo em que aparenta estar nu com outro homem em uma cama e se defendeu nas redes sociais, dizendo que tudo não passava de brincadeira com um amigo. Madison Cawthorn, 26, é conservador, defende ideias "masculinos" e foi eleito o parlamentar mais jovem do país. Ele alega estar sendo vítima de uma chantagem e campanha de difamação.

Em vídeo vazado e divulgado pelo American Muckrakers PAC, é possível ver o deputado, que defende pautas anti-LGBTQIA+, na cama nu com outro rapaz. "Anos atrás, neste vídeo, eu estava sendo grosseiro com um amigo, tentando ser engraçado. Estávamos agindo como tolos e brincando. É isso", disse, em rede social. "A chantagem não vai ganhar".

Políticos republicanos, como o congressista Paul Gosar, manifestaram apoio a Madison, dizendo que o sistema está "trabalhando duro para derrubar os leais" porque são as pessoas que o "regime mais teme".

Segundo a ABC, Cawthorn acusou colegas de partido de o convidarem para orgias, em março. O republicano também afirmou ter visto outros parlamentares usando cocaína.

O deputado passou parte de sua vida em uma comunidade batista conservadora na Carolina do Norte e, na carreira política, apostou na defesa de ideias e princípios cristãos tradicionais e na importância da masculinidade.

Madison está concorrendo à reeleição parlamentar daqui 11 dias, em 17 de maio, quando ele enfrenta adversários do próprio partido.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos