Erdogan diz que Mursi 'foi assassinado'

Em um comício eleitoral em Istambul, o presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, afirmou que o ex-presidente egípcio Mohamed Mursi "foi assassinado" pelas autoridades, que não fizeram nada para socorrê-lo, enquanto agonizava no tribunal.