Erdogan diz que Turquia bloqueará entrada de Suécia e Finlândia na Otan se promessas não forem cumpridas

Presidente turco, Tayyip Erdogan

ANCARA (Reuters) - A Turquia bloqueará as candidaturas de Finlândia e Suécia para entrada na Otan se os países nórdicos não mantiverem suas promessas sobre contraterrorismo feitas no mês passado, disse o presidente turco, Tayyip Erdogan, nesta segunda-feira, acrescentando que acredita que a Suécia "não está mostrando uma boa imagem" por enquanto.

Finlândia e Suécia solicitaram a entrada na aliança de defesa em resposta à invasão russa da Ucrânia, mas encontraram oposição da Turquia, que acusou os países nórdicos de apoiarem grupos que considera como terroristas.

Os três países assinaram um acordo no encontro da Otan em Madri, no mês passado, para retirar o veto de Ancara em troca de promessas sobre contraterrorismo e exportação de armas. A Turquia disse que irá monitorar de perto a implementação do acordo para ratificar as candidaturas nórdicas.

(Reportagem de Tuvan Gumrukcu e Ezgi Erkoyun)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos