Ernesto Araújo pede paciência a brasileiros que não conseguem contato com embaixadas e consulados

Bruno Góes

BRASÍLIA — O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, divulgou um vídeo nesta sexta-feira em que pede paciência aos brasileiros retidos no exterior. Cerca de 1.500 turistas, que estavam com dificuldades de retornar ao país, devem chegar até domingo ao Brasil.

Para enfrentar o coronavírus, vários países, principalmente da Europa, adotaram medidas como fechamento de fronteiras e cancelamento de voos.

— Peço que fiquem atentos às nossas redes sociais. Lá, temos os números de contato, mas peço compreensão, porque muitas vezes os contatos com as embaixadas e os consulados não estão sendo possíveis por causa do volume de consultas. Mas as embaixadas e consulados estão inteiramente empenhados em ajudar no retorno dos brasileiros — disse Ernesto Araújo.

O ministro afirmou ainda que a diplomacia brasileiros está em negociação com governos de outros países para que haja um retorno seguro.

— Tudo está sendo feito, negociado, e não descansaremos enquanto não conseguirmos trazer de volta todos os brasileiros que estão com dificuldades no exterior.

Do total de 1.500 turistas que retornam até domingo, 883 pessoas se encontram em Portugal, 410 no Peru e 203 no Marrocos.

No caso específico do retorno de Portugal, a ação é coordenada pelo Ministério do Turismo, em conjunto com o Ministério das Relações Exteriores e as empresas aéreas Azul e TAP.

Os brasileiros que estão no Peru começaram a voltar em voos da Gol e da Latam nesta sexta-feira. Já aqueles que estão no Marrocos serão transportados exclusivamente pela Latam, em um voo financiado pela "Rede Record".