Escândalo em cidade russa por Árvore de Natal "muito cara"

A gigantesca árvore instalada na cidade industrial de Kemerovo, na Sibéria, ganhou o ridículo online e da mídia como símbolo de corrupção, embora as autoridades tenham defendido a compra de alta tecnologia, que custou cerca de US $ 280.000

Uma Árvore de Natal considerada "muito cara", instalada na cidade mineira siberiana de Kemerovo, causou um escândalo na mídia e nas redes sociais russas nesta sexta-feira.

A instalação luminosa em formato de árvore de Natal, com 25 metros de altura e quase mil desenhos de iluminação diferentes, custou cerca de 18 milhões de rublos (255.000 euros), três vezes mais que o preço da árvore instalada no Kremlin de Moscou, de acordo com a rede OTR.

A mídia russa ironizou a "grande vida" levada pelos 550.000 habitantes de Kemerovo, uma cidade industrial localizada na bacia de mineração de Kuzbass, não são bem conhecidos por sua riqueza.

"As pessoas não moram aqui. Sobrevivem. E gastamos 18 milhões em uma árvore!", reclamou um morador local, Roman Khabibulin, na rede social russa VKontakte.

Alguns críticos pediram a utilização do dinheiro gasto para "curar crianças que sofrem de câncer" ou "facilitar apartamentos para casais jovens".

O Partido Comunista denunciou um símbolo do "flagelo nacional, o da corrupção".