Escadaria do Mosaico, em Niterói, poderá receber eventos

Os mosaicos da escadaria da Rua Oscar Pereira, em Charitas, na Zona Sul de Niterói, ainda não são tão conhecidos quanto os da vizinha da capital fluminense, a Escadaria do Selarón, na Lapa. No entanto, a partir da próxima terça-feira, 21, o local vai subir mais um degrau ao receber uma placa informativa sobre o tombamento cultural do espaço, que aconteceu em 2019 pela Secretaria das Culturas e Fundação de Arte de Niterói (FAN). Os painéis começaram a mudar a paisagem do entorno, em 2004, após o término da obra de pavimentação realizada pela prefeitura, quando a artista plástica Leila Barboza resolveu abrir as portas de seu atelier e reunir moradores para uma ambiciosa e coletiva ação.

Boa Viagem: Esporte e cultura fazem o bairro renascer

Trânsito: Fechamento de retorno na orla de Charitas revolta moradores

Foram construídos 35 m² de mosaicos através de 125 degraus. Além disso, os quatro platôs que se encontram pelo caminho, com mesas e cadeiras, também receberam a atenção dos cerca de 120 voluntários que participaram da iniciativa. Agora, a expectativa é que essa iniciativa não seja isolada e o local possa ter seu potencial turístico aproveitado.

—Apenas a Neltur mencionava a escadaria como um patrimônio da cidade. Espero que isso crie desdobramentos, como realização de feiras de artesanato. Nos últimos anos cresceram muitos prédios ao redor e isso pode ser interessante— afirma.

O secretário das Culturas, Alexandre Santini, destaca que a escadaria está inserida numa lógica de ocupação cultural dos espaços públicos. Para ele, essa medida é importante por marcar uma tendência deste momento de retomada pós-pandemia.

— O papel do poder público é manter a infraestrutura adequada, conservar e pensar nela como um dispositivo cultural da cidade. Pode haver ali a realização de atividades, visitações, eventos culturais apropriados. É nisso que vamos atuar—ressalta Santini.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos