Escalado para reduzir rejeição do PT no interior de SP, Alckmin publica vídeo pedindo votos para Haddad

Ex-governador de São Paulo e candidato a vice-presidente na chapa de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Geraldo Alckmin (PSB) publicou neste sábado um vídeo direcionado ao interior paulista. Na mensagem “como paulista de Pindamonhangaba”, cidade onde nasceu, Alckmin pede votos a Fernando Haddad (PT) na eleição para governador do estado, disputada neste domingo.

Segundo turno: o que levar, horário, local e como justificar o voto

Pesquisa qualitativa: confira o desempenho de Lula e Bolsonaro no debate da TV Globo, bloco a bloco

O interior era base eleitoral de Alckmin, que foi escalado pelas campanhas presidencial e estadual do PT para minimizar a rejeição histórica da região com o Partido dos Trabalhadores. Mas, no primeiro turno, o ex-governador não impediu derrota de Lula e Haddad no interior, como mostrou reportagem do GLOBO. As duas chapas foram derrotadas até em Pindamonhangaba, berço político de Alckmin, citado no vídeo.

— Quero falar com você do interior de São Paulo, como paulista de Pindamonhangaba, e quem governou por quatro vezes o nosso estado com amor por São Paulo. Precisamos defender o nosso estado. Precisamos eleger Haddad governador — disse Alckmin no vídeo publicado na véspera do segundo turno.

Alckmin intensificou os atos de campanha no interior e a participação em eventos com Haddad durante o segundo turno. O petista e o ex-governador tem uma amizade de longa data e a aliança de Alckmin com Lula foi estruturada com o apoio de Haddad.

— Haddad está preparado, é responsável e conhece nosso estado. Tem caráter e sensibilidade social. Haddad vai fazer São Paulo voltar ao rumo do desenvolvimento. Vamos juntos com Haddad e professora Lúcia (França, vice de Haddad) — defende o ex-governador.