Escassez de água mineral nos supermercados: especialistas orientam o que fazer

Aline Macedo
Estoque de água mineral evapora dos supermercados

RIO - Num período em que a temperatura vem passando dos 40 graus, com sensação térmica atingindo 54,8 graus, como neste fim de semana, consumir uma quantidade adequada de água é essencial para manter o corpo hidratado. No entanto, diante da má qualidade do produto oferecido pela Cedae na última semana - um líquido escuro, com cheiro e gosto fortes - os estoques de água mineral evaporaram dos supermercados. O GLOBO conversou com especialistas em busca de soluções para o problema.

Segundo o professor Gandhi Giordano, do Departamento de Engenharia Sanitária e Ambiental da Faculdade de Engenharia da Uerj, quem não notou alterações no aspecto da água pode manter seu uso normal. Ele observa que, por causa das férias, muitos edifícios ainda têm em suas caixas d’água o produto fornecido antes da detecção de geosmina, uma substância produzida por algas que, segundo a Cedae, é inofensiva.

Mas Giordano alerta que quem percebeu cor, cheiro ou gosto diferentes, só deve tomar água da rede de distribuição ou usá-la para o cozimento de alimentos depois de fervê-la. Depois de fria, ainda é necessário filtrá-la num filtro de carvão ativado.

Leia aqui a matéria exclusiva para assinantes.