Escassez de chips leva montadora Opel a fechar fábrica na Alemanha até 2022

·1 minuto de leitura
Sede da Opel em Ruesselsheim, Alemanha

Por Victoria Waldersee

BERLIM (Reuters) - A montadora Opel, que faz parte do grupo Stellantis, disse nesta quinta-feira que fechará uma de suas fábricas na Alemanha até pelo menos o final deste ano devido à escassez de chips.

A produção na fábrica de Eisenach, que produz motores de combustão interna e carros elétricos híbridos, deve começar novamente em 2022, embora o porta-voz da Opel não tenha especificado uma data.

Cerca de 1.300 trabalhadores empregados na fábrica serão temporariamente dispensados, disse a Opel, com uma fábrica separada na França assumindo parte da produção.

A Stellantis interrompeu a produção em outras fábricas, incluindo na Europa e no Canadá, prevendo que produzirá 1,4 milhão de veículos a menos neste ano devido à falta de chips.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos