Escola Eleva é vendida. O que acontece com as outras redes do grupo, como Pensi e Elite?

RIO – A rede de escolas Eleva foi vendida para o grupo britânico Inspired Education, de colégios premium. A rede era do grupo Gera Capital, que tem Jorge Paulo Lemann como seu maior acionista, e que é dono também de outras dezenas de escolas no Brasil.

Mas apenas a unidade chamada pelo grupo de escolas de excelência foi vendido e ficará agora com os britânicos do Ispired. As demais redes do grupo – Pensi, Elite, Sigma, Ideal, Coleguium, Alfa, CBV, Motivo, Nota10, CEI e Master, que têm 115 mil alunos em 17 estados e no Distrito Federal – seguem sob controle do Gera Capital.

Além da escola Eleva (com quatro unidades, no Rio, Brasília e Recife) os Batutinhas, no Rio; Gurilândia e Land School, na Bahia; e Centro Educacional Leonardo da Vinci, no Espírito Santo, foram vendidos.

Esses colégios fazem parte da unidade chamada pelo Gera de escolas de excência e reúnem 7 mil alunos, com educação bilíngue em horário integral.

Também segue sob controle do Gera Capital a área de inovação do grupo, chamada de Pátio, que atua em soluções educacionais em tecnologia e conteúdo, e tem sob seu chapéu a edtech Kanttum, de formação para professores e gestores.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos