Escolas e unidades de saúde não funcionam na Vila Aliança e em Senador Camará; PM segue na região

A rotina na Vila Aliança, em Bangu, e em Senador Camará, na Zona Oeste do Rio, segue mudada nesta sexta-feira (13), com uma cena que tem sido comum desde o início da semana. Mais uma vez, serviços básicos não estão funcionando, dado o policiamento reforçado na região, que tem recebido ações da Polícia Militar desde segunda-feira (9) para reprimir a atuação de criminosos, segundo a corporação. Hoje, novamente, 17 escolas municipais e três unidades de saúde não estão atendendo nas duas áreas.

A Secretaria municipal de Saúde informou, por meio de nota, que acionou o "protocolo de acesso mais seguro e, para segurança de usuários e profissionais, interromperam o funcionamento" nos Centros Municipais de Saúde Dr. Eithel Pinheiro De Oliveira Lima e Silvio Barbosa e na Clínica da Família Maria José de Sousa Barbosa.

Alunos matriculados em unidades da região também ficaram sem as atividades presenciais. Em nota, a Secretaria municipal de Educação informou que sete escolas em Senador Camará e 10 na Vila Aliança "continuam fechadas, prestando atendimento remoto, em decorrência de operações policiais nas áreas".

"Mais um dia sem aula nas escolas de Senador Camará e Vila Aliança", lamentou uma pessoa nas redes sociais.

A Polícia Militar mantém o policiamento reforçado nas duas áreas desde a segunda-feira (9). A corporação tem destacado que as operações visam a coibir a ação de criminosos, inclusive em pontos estratégicos, como nas proximidades da estação de trem de Senador Camará.

Os agentes ainda retiraram cerca de 28 toneladas de barricadas das vias da região. Na segunda-feira, um ônibus chegou a ser usado para dificultar o acesso à comunidade da Vila Aliança pela Rua Doutor Augusto Figueiredo, e foi colocado atravessado, fechando as pistas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos