Escolas de sambra abrem temporada de ensaios técnicos

A volta dos ensaios técnicos na Sapucaí, neste final de semana, foi marcada pelo espírito de quem precisou conter toda a magia do carnaval durante dois anos consecutivos por conta das restrições impostas pelo isolamento social, causada pela Covid-19. Os ensaios seguem até fevereiro com as escolas de samba da Série Ouro e do Grupo Especial.

Senhor Samba: coreógrafo dirige alas de Vila Isabel, Império Serrano e Império da Tijuca

Subindo a temperatura: Verão Rio volta a Ipanema para exaltar a energia da estação

O abre-alas dos festejos momesco começou na noite do último sábado com ensaios de três agremiações que são integrantes da Série Ouro. Entraram na avenida: Lins Imperial, seguida da Estácio de Sá e, fechando cortejo, a Inocentes de Belford Roxo. A noite de domingo foi reservada para escolas de samba do Grupo Especial Império Serrano, de Madureira e Paraíso do Tuiuti, de São Cristóvão.

O presidente do Império, Sandro Avelar, destaca que os ensaios técnicos são importantes para os cariocas e para as escolas de samba, porque já faz parte da cultura do Rio. Por ser uma grande oportunidade para o “povão” ver as agremiações e o que vem sendo preparado, de maneira gratuita e com aquele clima de desfile oficial.

— Para a gente, enquanto escola de samba, é um termômetro e um teste fundamental para, caso necessário, corrigir alguma eventual falha para que não ocorra no desfile oficial. Trabalhamos para que tudo seja perfeito. O Império Serrano terá grandes surpresas neste ensaio. Temos um grande samba de enredo e inovador, pois é em formato de acróstico e cada letra inicial dos versos formam o nome Arlindo Domingos da Cruz Filho, que é o nosso homenageado. Claro, teremos uma comunidade cantando forte e outras novidades. O nosso padroeiro, São Jorge, estará presente para abençoar nosso ensaio — afirma Sandro.

Já o carnavalesco da Paraíso do Tuiuti João Vitor Araújo lembra que no ano passado até aconteceram os ensaios, mas parecia que estava faltando algum detalhe. Para ele ainda estava todo mundo inseguro, como se aquele “terror pandêmico” pudesse voltar a qualquer momento. Mas esse ano está diferente.

— Todo mundo sem medo, a festa completa. O carioca estava precisando disso: festa, confraternização. Isso é maravilhoso é uma celebração à vida, à cultura e ao carnaval. O que vamos apresentar, sem dúvida, é um dos melhores sambas-enredos desse ano, um dos melhores que a escola já fez para avenida. Temos a rainha de bateria que todo mundo quer ver, a Mayara Lima. A escola tem um casal de mestre-sala e porta-bandeira que todo mundo quer ver, uma bateria que todos querem ouvir. Então é isso, de A a Z a Tuiuti tem todos os ingredientes para produzir um grande espetáculo e quem nos acompanhar nesses ensaios terá uma mostra, um petisco do que será nosso desfile — defende João.

Trânsito é alterado

Principais alterações no trânsito começam a partir das 16h. Veja o que muda:

Avenida Presidente Vargas, pista lateral, sentido Candelária, entre a agulha localizada após a Rua Carmo Neto (altura dos Correios) e a Rua de Santana

Rua Benedito Hipólito, entre a Rua Carmo Neto e a Rua de Santana

Rua Afonso Cavalcanti, entre a Rua Amoroso Lima e a Rua Carmo Neto

Rua Marquês de Sapucaí, entre a Avenida Presidente Vargas e a Avenida Salvador de Sá

Via de retorno sob a Avenida 31 de Março, próxima à Rua Benedito Hipólito, sentido Túnel Santa Bárbara

Alça de descida da Avenida 31 de Março para a Rua Benedito Hipólito, sentido Rua de Santana

Rua Haroldo de Andrade, entre a Avenida Presidente Vargas e a Rua Benedito Hipólito

Rua Comandante Maurity, entre a Rua Benedito Hipólito e a Rua Júlio do Carmo