Eslovénia e Grécia lutam contra incêndios de grandes dimensões

Eslovénia e Grécia lutam contra incêndios de grandes dimensões

Na Eslovénia, um incêndio está a dar luta aos bombeiros. Numa zona de mato e de difíceis acessos, o fogo de grandes dimensões tem pelo ar a única solução de combate.

No terreno, estão aviões do governo da Eslovénia mas também eslovacos e austríacos. A Hungria já confirmou que vai enviar dois meios aéreos para ajudar no combate.

Na Grécia, um incêndio numa zona de floresta perto da barragem de Lyra está a consumir o parque nacional de Dadia, em Evros, no norte do país.

O fogo está ativo há já dois dias. No terreno estão perto de 300 bombeiros e oito meios aéreos. Esta sexta-feira chegaram à zona reforços de outros países.

Em França, fazem-se contas aos estragos. O incêndio de Gironde queimou 20 mil hectares de floresta e destruiu dezenas de casas. Também em Espanha e em Portugal, os fogos já acalmaram com as temperaturas mais baixas.

Julho foi o mês com os incêndios mais difíceis dos últimos cinco anos na União Europeia. As temperaturas bateram recordes e a seca também. De acordo com as Nações Unidas, a região do Mediterrâneo está a aquecer 20% mais rápido do que a média do resto do mundo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos