Esnobada pelo Grammy Latino, Manu Gavassi desabafa: "À frente do tempo"

Manu Gavassi (Foto: Getty Images)
Manu Gavassi (Foto: Getty Images)

A lista de indicados ao Grammy Latino 2022 foi divulgada nesta terça-feira (20) e, enquanto alguns comemoram, outros lamentam a falta de reconhecimento por parte da premiação. É o caso de Manu Gavassi, que usou as redes sociais para agradecer aos fãs pelo apoio e comentar o fato de o álbum visual "Gracinha" ter sido ignorado.

"Não queria deixar esse momento passar em branco porque pra mim não passou. Eu tirei um tempo agora pra ler as mensagens de vocês. Tô aqui vendo tudo, lendo cada palavra, me alimentando da energia desse sonho lindo que é 'Gracinha' através dos olhos de vocês, que entenderam a grandiosidade", começou a artista.

"Um filme, dois álbuns, meses e meses, energia e coração investidos. Hoje não foi um dia fácil pra essa minha cabecinha pensante e sonhadora. Mas daí lembro que minha carreira inteira também não foi, é uma sucessão de provações e aprendi a entender isso e usar de combustível pra produzir cada vez mais arte com propósito e com luz. Arte que faça sentido e que inspire força, sensibilidade e criatividade. E pitadas de humor, cortesia da casa", continuou Manu.

"Talvez seja um projeto realmente a frente do tempo, do que se espera e do que se consome. Mas me transformou na artista que sou hoje. Por vezes invisível mas (quase) sempre inovadora. Amo vocês. Amo quem 'Gracinha' me tornou e ainda me tornará. Obrigada por estarem aqui comigo em cada nova jornada", conclui ela.

Outros artistas reagiram às indicações

Também em agradecimento aos fãs, Juliette foi ao Twitter para dizer como se sente ao saber que o EP que lançou ao sair do "BBB 21" também ficou de fora do Grammy. "Bebês, obrigada por tanto carinho e dedicação. Tudo tem seu tempo... e eu tô feliz a cada degrau. Vamos subir juntinhos e nossas vitórias serão lindas... já estão sendo. Vamos torcer muito pelos brasileiros indicados! Eles merecem", escreveu no Twitter.

Flora Matos, que chegou a pedir a ajuda dos fãs após inscrever o trabalho mais recente na premiação, também se posicionou, mas de um jeito bem menos amistoso, digamos assim. Ela repostou a indicação de Luísa Sonza pelo álbum "Doce 22" e, momentos depois, relembrou que a cantora é alvo de um processo por injúria racial.