Espanha aposta em empregos verdes para recuperação no pós-pandemia, diz premiê na Cúpula do Clima

·1 minuto de leitura

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O premiê Pedro Sánchez afirmou nesta sexta-feira (23), durante a Cúpula do Clima, que a Espanha vai investir na geração de empregos verdes para acelerar a recuperação do país no pós-pandemia. Em seu discurso no evento organizado pelos EUA, Sánchez disse que esta "é a única forma de superar esta ameaça existencial de nosso tempo." De acordo com o premiê, a Espanha quer criar até 350 mil empregos verdes ao longo desta década com investimentos públicos e privados. "Acredito firmemente que a transição ecológica apresenta oportunidades extraordinárias. Investir neste tipo de tecnologia pode criar quase três vezes mais empregos do que os gerados por combustíveis fósseis", afirmou. Sánchez disse também que após um ano de pandemia "temos motivos de esperança", sobretudo pelos programas de vacinação. "As últimas horas do vírus estão sendo um pouco menos agressivas graças à vacinação, o que está tornando seus efeitos positivos perceptíveis. Estamos mais organizados, mais conscientes de como lidar com isso. Mas sabemos que não devemos baixar a guarda", avisou.