Espanha está perto de vacinar todos os moradores de casas de repouso

Nathan Allen
·1 minuto de leitura
Idoso recebe segunda dose de vacina contra Covid-19 em casa de repouso em Santiago de Compostela, na Espanha

Por Nathan Allen

MADRI (Reuters) - A Espanha já deu as duas doses de vacinas contra coronavírus a quase todos seus moradores idosos de casas de repouso, disse a associação de cuidados domiciliares FED nesta sexta-feira, restaurando alguma sensação de segurança no setor mais vulnerável da população.

Separadamente, o primeiro-ministro, Pedro Sánchez, disse que o país, que já administrou 2,8 milhões de doses e inoculou totalmente 1,14 milhão de pessoas, está a caminho de vacinar 20 milhões de seu 47 milhões de habitantes na primeira metade de 2021.

Quase 43 mil moradores de casas de repouso morreram de Covid-19 ou de possíveis infecções na primeira onda devastadora de março a maio, e procuradores estão investigando mais de 200 casos de negligência criminosa em potencial em tais casas.

Mas mais de 97% dos moradores já foram vacinados nas 17 regiões da Espanha, de acordo com a FED, o que coloca as casas de repouso entre os lugares mais seguros do país.

"Há dados muito positivos que nos permitem ser otimistas com o futuro", disse o presidente da FED, Ignacio Fernández Cid. "A imunidade nos permitirá voltar gradualmente à normalidade perdida e tão ansiada."

O chefe de emergências de saúde, Fernando Simon, disse no início desta semana que, pela primeira vez desde o começo da pandemia, pessoas de mais de 65 anos que moram em casas de repouso têm uma taxa de infecção mais baixa do que as restantes – o que apoia a tese, ainda que indiretamente, de que as vacinas estão surtindo efeito.

Médicos da linha de frente e cuidadores são as únicas pessoas de menos de 65 anos a terem recebido a vacina até agora.