Espanha impõe máscara obrigatória a partir dos 6 anos

Mulher de máscara, no terraço de um bar, em 19 de maio de 2020, na cidade espanhola de Valencia

Usar máscara protetora será obrigatório a partir de quinta-feira (21) na Espanha para qualquer pessoa nas ruas, ou em locais públicos, como lojas, a partir dos 6 anos de idade, quando não for possível manter a distância de segurança - determina um decreto publicado nesta quarta.

"O uso de uma máscara será obrigatório na via pública, em espaços ao ar livre e em qualquer espaço fechado de uso público (...), desde que não seja possível manter uma distância de segurança interpessoal de pelo menos dois metros", afirma o texto no Diário Oficial do Estado.

A disposição se refere a "pessoas com seis anos de idade, ou mais".

Estarão isentos do uso aqueles com dificuldades respiratórias, ou que possam justificar situações de força maior.

O texto não especifica quais serão as sanções aplicáveis em caso de desobediência do decreto. O uso da máscara no transporte público já era obrigatório desde 4 de maio.

A decisão de generalizar seu uso foi tomada de comum acordo entre o governo e as regiões da Espanha, competente em matéria de saúde, explicou na terça-feira o ministro da Saúde, Salvador Illa.

Um dos países mais atingidos pela pandemia com quase 28.000 mortes, a Espanha está avançando de forma bastante cautelosa no desconfinamento. Madri e Barcelona continuam excluídos, assim como uma parte da região de Castilla y León, ao norte da capital.

A transmissão do novo coronavírus diminuiu acentuadamente, de acordo com as autoridades, que impuseram em meados de março um dos mais rígidos confinamentos do mundo. Na terça-feira, o número diário de mortes por COVID-19 permaneceu abaixo de 100 pelo terceiro dia consecutivo.