Espanha e Portugal voltam a impor medidas anticovid a turistas britânicos

·2 minuto de leitura
Turistas alemães em Palma de Mallorca, Espanha, em 17 de junho de 2021

A Espanha voltará a exigir um teste anticovid-19 negativo dos turistas britânicos, e Portugal exigirá o cumprimento de quarentena daqueles que não estiverem totalmente vacinados.

Estas medidas são impostas diante do aumento de casos no Reino Unido, atribuído à variante Delta.

Referindo-se a uma "evolução negativa" dos contágios no Reino Unido, o chefe do governo espanhol, Pedro Sánchez, anunciou na rádio Cadena Ser que os turistas britânicos precisarão "ou da vacinação completa, ou de um PCR negativo".

Em um primeiro momento, Sánchez ressaltou que a medida era para os britânicos que viajarem para as Baleares. Posteriormente, a ministra das Relações Exteriores, Arancha González, esclareceu no Twitter que a medida engloba todos os turistas procedentes do Reino Unido que visitarem qualquer lugar da Espanha.

"Vamos aplicar isso em um prazo de 72 horas (a partir de quinta-feira) e, assim, os operadores turísticos e os turistas britânicos poderão se adaptar, efetivamente, a estas novas regras que estou anunciando", completou Sánchez.

O anúncio acontece depois de o governo britânico colocar as Ilhas Baleares na "lista verde" de destinos turísticos. Isso significa que, a partir de 30 de junho, os britânicos que forem para este popular destino turístico não precisarão cumprir quarentena em seu retorno.

A medida faz prever um grande fluxo de britânicos para o arquipélago mediterrâneo. No último ano antes da pandemia, em 2019, eles representaram 3,7 milhões dos 13,7 milhões de turistas recebidos pelas Baleares.

Os britânicos que visitarem o restante do país terão de continuar respeitando a medida de permanecerem isolados em seu retorno durante dez dias, um requisito que dissuade muitos deles.

Na tentativa de reativar seu setor turístico, crucial para o país e devastado pela pandemia do coronavírus, a Espanha havia levantado desde 24 de maio a exigência de que os britânicos apresentassem um PCR negativo para entrar no país.

Os britânicos eram o primeiro contingente de visitantes estrangeiros à Espanha em tempos normais (18 milhões em 2019).

Em Portugal, os turistas britânicos ainda não totalmente vacinados terão de ficar em quarentena em sua chegada, anunciou hoje o governo português.

A medida ficará em vigor pelo menos até 11 de julho, afirmou o Ministério do Interior em um comunicado.

Para tentar conter a variante Delta, identificada pela primeira vez na Índia e muito contagiosa, as autoridades portuguesas restabeleceram restrições sanitárias nos municípios mais afetados, entre eles Lisboa e a turística zona de Albufeira, no Algarve.

du/me/tt

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos