Especialista ensina como equilibrar as contas em 2023

Depois da euforia do réveillon, é hora de pagar impostos, como o IPTU e IPVA, de comprar material escolar e de quitar a fatura do cartão de crédito pós-compras de Natal. Haja dinheiro, ou melhor, haja educação financeira. Para começar 2023 no azul, Bia Santos, moradora do Cachambi e diretora-executiva da Barkus Educacional ensina como se planejar para não se endividar e manter as contas em dia.

Responsabilidade social: Sesc Tijuca terá espaço dedicado para pessoas com autismo

Férias: Escolas municipais têm inscrições abertas para oficinas

— A realidade da maioria das pessoas é ter uma remuneração baixa, então a principal dica é total noção do que se recebe e do que se gasta. É preciso fazer um planejamento minucioso dos seus custos. É fundamental também anotar todas as receitas e despesas para analisá-las e verificar se é possível arcar com esta demanda ou se é preciso cortar ou diminuir algum custo — diz a administradora, de 26 anos, que é uma das ganhadoras do Prêmio Women That Build Awards 2022 na categoria Tech Entrepreneur.

Este controle pode ser feito em um caderninho, em uma planilha no computador ou com ajuda de um aplicativo, sugere:

— Outro passo importante é economizar uma quantia todos os meses e fazer algum tipo de investimento para ter um fundo de reserva. Estas são algumas lições básicas de educação financeira para garantir um 2023 sem maiores dificuldades.